Laje Mista Nervurada reduz mão de obra e proporciona economia para a construção civil

Produto traz versatilidade e economia à fase de construção

Por Tuper S/A  |  13 de outubro de 2021 às 15:09

O sistema de Laje Mista Nervurada é uma patente exclusiva criada pela Tuper. É composto por vigotas metálicas, elemento de enchimento (EPS) e concreto, possibilitando a execução de lajes uni e bidirecionais. Este sistema exige menos mão de obra na fase de construção. Com conformação enrijecida, alcança grandes vãos na obra e consome menos concreto e aço.

A Laje Mista Nervurada Tuper apresenta redução de até 30% do peso próprio em relação às lajes maciças, diminuindo assim as cargas na estrutura e nas fundações. O sistema conta com um acessório denominado pino pendural, também desenvolvido pela Tuper, que facilita a instalação de forro e sistemas elétrico e hidráulico sem que seja necessário haver furação na laje.

Todos esses benefícios são proporcionados pela inovação. A Tuper investe permanentemente na busca de soluções estruturais e arquitetônicas em aço para atender demandas de construtoras, incorporadoras e profissionais das áreas de engenharia e arquitetura.

Ideal para todos os tipos de obra

A Laje Mista Nervurada Tuper possui um conceito diferente, justamente por se tratar de uma laje leve. A partir desse conceito, existem vários ganhos, como, por exemplo, a redução do peso próprio (se comparado com outras lajes disponíveis no mercado) e a diminuição de mão de obra. A laje mista nervurada é composta por um sistema de vigota de aço estrutural galvanizado com um revestimento de zinco. O produto possui rastreabilidade total e pode ser utilizado em todos os tipos de obras, como, por exemplo, em prédios verticais, residenciais e comerciais, obras industriais, casas, etc. Também pode ser aplicado a qualquer sistema construtivo (concreto armado, estrutura metálica, estrutura pré-moldada ou alvenaria estrutural).

Como funciona: após a concretagem e retirada das escoras, comporta-se como um sistema misto – que envolve aço e concreto – explorando as melhores características de cada um dos materiais. Entre os diferenciais, ainda há o enchimento de EPS, que facilita a instalação de tubulações elétricas e hidráulicas.

O engenheiro de projetos Roger Meros Müldenberger explica, de maneira simplificada, os diferenciais desse sistema: “Por conta da leveza do material, no canteiro de obras o profissional consegue pegar a vigota e colocar no lugar final de utilização, de acordo com a paginação do projeto, sem precisar de grua ou outros equipamentos especiais utilizados em obras. Outra vantagem, é a redução de carga nas vigas, pilares e na fundação da obra. Quando o projeto estrutural já é concebido com a Laje Tuper, é possível reduzir o dimensionamento das peças estruturais. Com isso, a obra ganha em economia, pois o dimensionamento influencia diretamente na quantidade de concreto nas vigas, pilares e fundações e de aço das armaduras”.

Roger ainda ressalta o atendimento personalizado que a Tuper oferece a cada cliente: “Quando assumimos um projeto aqui na empresa, fazemos uma verificação do dimensionamento estrutural das lajes, proporcionando segurança e respeitando o projeto arquitetônico levando em conta a altura final da laje e o tamanho necessário para cada vigota. Dessa forma, o material é enviado para o cliente nas medidas certas para aplicação, evitando cortes e desperdícios de materiais no canteiro e mantendo uma construção limpa.”

“Diferentemente de outras empresas, a Tuper não vende somente o produto; ela vende um sistema com um conceito inovador. A Tuper tem know how para atender as grandes obras e, também, atender ao vendedor local, em uma pequena obra. Esse sistema pode ser aplicado a todos os sistemas construtivos”, conclui ele.

Dentre as obras de grande porte que fazem uso desse sistema inovador, podemos citar três obras em andamento: o Residencial Haus Garden, da Scobin Engenharia, localizado em uma zona nobre na cidade de Maringá (PR), possuindo 19 andares; o Residencial Jardim San Paulo. da empresa Marini Construções, na cidade de Bento Gonçalves (RS), no bairro Borgo, com 14 pavimentos na torre A; e o Residencial Guadalupe III, da GDBC Incorporadora, em Balneário Piçarras (SC), totalizando 18 pavimentos de frente ao mar.

Sobre a Tuper

A Tuper está consolidada no setor construtivo brasileiro. A empresa, que tem 50 anos, conta com uma linha completa de produtos especialmente projetados para atender ao mercado da construção civil., e também opera nos setores automotivo, industrial, óleo e gás e agronegócio, entre outros.

O amplo portfólio inclui tubos de aço-carbono pretos e galvanizados para aplicações industriais, estruturais e de condução, tubos trefilados, tubos para troca térmica, tubos API para o mercado de óleo e gás, eletrodutos galvanizados, estacas tubulares para fundações com conexão rápida, perfis estruturais metálicos, peças e componentes automotivos, sistemas de exaustão para veículos originais, escapamentos automotivos para o mercado de reposição, sistemas de coberturas metálicas, lajes mistas nervuradas, andaimes, chapas de aço, slitters e EPS para aplicação na construção civil.

Notícias

Relacionadas

Saiba mais

Background Image Background Image

Faça uma

Cotação

Em poucos cliques, solicite o orçamento que precisa de onde estiver de forma simples e fácil.

FAÇA UMA COTAÇÃO

Sobre Nós

Conheça mais sobre a história da empresa e sobre as linhas de produtos Tuper.

SAIBA MAIS